Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2007

A Epifania do Senhor

No passado Domingo a Igreja viveu o dia da Epifania do Senhor, que coincide com o dia em que os Reis visitaram o presépio de Belém.

Como muitos bem sabem, falar de epifania é o mesmo que falar de manifestação. Assim sendo, o grupo do crisma responsabilizou-se por terminar a caminhada da catequese deste Advento falando um pouco do dia da Epifania do Senhor.

 

Como Epifania = Manifestação, procurei reflectir, junto dos meus catequizandos, a questão: 

"O que mudou na minha vida depois de Deus, na pessoa de Jesus, se ter manifestado?"

 

Não consigo perceber muito bem porquê mas, como já me vou habituando, as resposta dadas foram poucas... o que é tipico de temas deste género (e volto a dizer... NÃO SEI BEM PORQUÊ!?). De qualquer modo, quem partilhou, foi bastante verdadeiro na resposta que deu. E por isso vou partilhar também com vocês...

 

- "Jesus trouxe o Amor e a Compreensão, para que possamos viver em harmonia uns com os outros;

- "Jesus mudou a forma de viver o verbo Amar.

Amar tão longe e tão profundamente.

Amar na simplicidade da vida como os Reis que abandonaram as suas riquezas vâs e seguiram rumo ao Amor. Talvez se fôssemos mais como eles, o mundo fosse melhor." 

 

É o testemunho de dois jovens que, apesar da dificuldade, conseguiram transmitir por palavras um pouco do que sentiam.

 

Para mim, procurar resposta a esta questão, faz-me lembrar logo outra:

 

                                       O que é SER Cristão?

 

Sim, só somos cristãos porque Jesus, o Cristo, se manifestou nas nossas vidas. A nossa Fé deve apoiar-se, tal como num banco, em quatro vertentes... a Oração, a Reflexão, o Convívio e a Missão. Sempre que falhar uma destas, então não estamos a ser verdadeiros Cristãos, pois um banco que foi feito para se aguentar em quatro pés, a partir do momento em que lhe falta um... ele cai.

 

Assim sendo, o Domingo da Epifania chama-nos à atenção para a importância desta quarta vertente... a Missão.

O evangelista Mateus relata o episódio dos Reis como Magos vindos de cada canto do mundo que seguiram a estrela e, chegados ao presépio de Belém, ofereceram tudo aquilo que tinham de melhor... ouro, incenso e mirra.

Este episódio mostra bem o quanto Deus se entrega a Todos... que Jesus nasceu para todos, pois não foram só os habitantes de Belém que O visitaram... pessoas de todo o mundo vieram vê-Lo.

 

Depois, reparem bem... quem é que os reis seguiram? A Estrela, ou seja a Luz. E quem é a LUZ DO MUNDO? É o próprio Jesus. Assim, podemos descobrir um pouco melhor o porquê da palavra Epifania... OS REIS SEGUIRAM A LUZ, pois Deus se manifestou neles... não é isso que ainda hoje acontece connosco?

 

Ainda nos dias de hoje, existem muitas pessoas a quem Jesus ainda não nasceu, a quem Jesus ainda não se manifestou. Existem outras que já ouviram falar Dele, mas que ainda não O conhecem. E existem outras que já ouviram falar Dele e que já O conhecem. Então o convite e proposta que é feita neste Domingo da Epifania, é que realmente Jesus nasça para TODOS, que se manifeste em TODOS.

Como Ele já nasceu, viveu, morreu e ressuscitou... é nosso dever, como Cristãos, levar Jesus a todos aqueles que ainda não O conhecem ou nunca ouviram falar Dele.

Muitos de nós Cristãos, já ouvimos falar de Jesus e já o conhecemos um pouco. Então para nós, Deus convida-nos a conhecer ainda mais Jesus, a viver do seu jeito, a viver mais profundamente o verbo AMAR.

 

Reparem como é belo... se procurarem um pouco na bíblia, verão como Deus é sempre o primeiro a ir ter com alguém. Depois esse alguém acolhe ou não a Sua palavra e muda ou não radicalmente a sua vida. Connosco é também um pouco assim... ninguém é Cristão por acaso. É-se Cristão porque Cristo se manifestou e se fez presente. Nós tornamo-nos Cristãos na medida em que acolhemos e vivemos Cristo.

 

Vamos ser então mediação de Deus uns para os outros, vamos crescer uns com os outros, partilhar as maravilhas que o Espírito Santo semeou em nós, vamos deixar crescer essas sementes e dar aos outros os seus frutos, pois SER CRISTÃO é isto... não basta "ir à missa", temos que fazer ACÇÃO DE GRAÇAS.

 

Que o Senhor nos ajude a acolher o Seu amor, a Sua Palavra, para que possamos ser manifestação de Cristo para TODOS. E termino com uma frase que também partilharam comigo...

 

"Jesus veio, vem e virá bastantes vezes... basta pararmos para olhar as tão escondidas manifestações de amor!"

 

publicado por vialucis às 09:20
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

Mais um ano...

Começou um novo ano... para muitos, já o velho ditado o diz... "Ano novo, VIDA NOVA!?". Eu gostava mesmo que neste novo ano, muita coisa mudasse em cada um de nós.

 

No passado dia 25 de Dezembro, celebrou-se uma grande festa para todos os Cristãos... o NATAL. Certamente para muitos foi a celebração do nascimento do menino. Para mim... como tenho plena consciência que o menino já se tornou homem e, por ser um HOMEM de palavra e de fé, levou a Sua Palavra até às últimas consequências, morrendo por isso (a morte é a maneira mais fácil de calar uma pessoa). Assim sendo, o Natal para mim já não é o nascimento do menino mas o meu próprio nascimento. O Natal já não é uma festa de Jesus, mas a minha própria festa, pois nasceu com Jesus a minha própria VIDA, a minha alegria e AMOR eternos.

 

Neste Natal em especial, senti-me diferente, eternamente grato por conhecer um pouco melhor Jesus de Nazaré e querer dizer-lhe o quanto estou feliz por, cada vez mais, querer ser como Ele no Seu jeito de Viver e de Amar. Senti-me imensamente feliz, porque no Natal de Jesus, tenho plena consciência que essa festa não são apenas prendas. É uma festa onde celebro uma família... revejo na família Maria, José e Jesus a minha própria família de sangue. Vejo na Sagrada Família a hipótese de pertencer à Família Divina que é Deus-Pai, Deus-Filho na unidade do Deus-Espírito Santo. É por acreditar nisto que o Natal tem outro sabor... sinto necessidade de me oferecer às pessoas que amo, sinto uma vontade enorme de estar com elas, de partilhar que, com Jesus, todos temos hipótese de nascermos para uma vida divina.

 

Por tudo o que disse, já percebem porquê eu dizer que me custa bastante viver esta festa... é que olho ao meu redor e os sinais desta festa que procuro viver são muito poucos. No entanto, sinto uma alegria enorme quando o Espírito Santo se manifesta através das mensagens escritas que muitos trocam. São mensagens fantásticas que me levam a dizer... bem, se calhar não sou o único a acreditar no verdadeiro Natal... o Natal de Jesus de Nazaré e não esse que a coca-cola inventou. 

 

Bem... ano novo, vida nova. O meu desejo é mesmo que a VIDA seja NOVA para todos nós. Ainda temos muito a aprender, muito a amar e ainda mais a APRENDER a AMAR. Ainda há muito em nós que não nos deixa crescer, caminhar, ir mais além... por isso continuemos a desejar ter sempre uma VIDA NOVA... não por mudar de ano, porque este pensamento deve ser feito todos os dias, mas porque só querendo recomeçar, só querendo renascer, é que nos tornamos cada vez melhores, cada vez mais PESSOA, cada vez mais AMOR.

 

Que a espada, que é a Palavra de Deus, nos continue a perfurar o coração, para que o Espírito Santo penetre nele e faça em nós maravilhas. De qualquer modo, uma coisa vos digo, Deus só nos transforma à medida que nós próprios nos deixamos tocar... esta acção tem que partir de Deus mas, acima de tudo, tem que partir de nós. Não basta batermos no peito e dizer que queremos ser diferentes se depois tudo se mantém igual, pois continuamos a fazer exactamente as mesmas coisas e a cometer os mesmos erros.

 

Vamos AMAR cada vez mais e SER cada vez mais FELIZES.

 

Bom ano... BOA VIDA NOVA para todos...

 

publicado por vialucis às 10:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A ÚLTIMA ceia de Jesus, a...

. Uma bonita História

. Um Grande Grupo de Amigos

. Roda da Amizade

. Mais uma QUARESMA

. O Resultado de uma campan...

. Referendo

. De volta

. A Epifania do Senhor

. Mais um ano...

.arquivos

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds