Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

Referendo

Numa reunião do grupo, ficou decidido que não se iria fazer campanha por nenhuma das partes visto existirem dentro do mesmo posições opostas e ambas válidas. Por isso é que durante todo este tempo não escrevi nenhuma palavra sobre este tema. De qualquer modo, enquanto cristão e membro de um grupo cristão, gostava de partilhar algumas palavras.

 

Independentemente do resultado, penso que, dos poucos que votaram (e foram mais que no referendo de 1998), a maioria deu a resposta que a pessoa que escreveu a pergunta desejava ter... isto porque ninguém quer punir ainda mais a mulher que tanto sofre com esta situação.

Os muitos que não votaram, fizeram-no porque nem sequer estavam preocupados com o que vinha a debate, ou então porque este assunto não se resolve apenas com um SIM ou um NÃO.

 

Antes de continuar, quero partilhar algo que um grande amigo me respondeu quando lhe perguntei o que Jesus diria em relação a esse assunto...

 

"Em relação ao aborto, Jesus não disse rigorosamente nada! Mas tenho a certeza que em relação às mulheres que se encontram nessa situação, Jesus falaria de maneira muito diferente do que têm falado quase todos os movimentos do "Não"...

Além disso, tenho também a certeza de que falaria muito diferente do que têm falado quase todos os movimentos do "Sim"...

Por outro lado, tenho a certeza de que a resposta de Jesus nunca seria "Nim" em relação a nada... Jesus sabia bem que destas coisas nunca se fala bem na lógica dos comícios...

 

E já agora, nestes tempos parvos de Sins e Nãos em que fala mais a ignorância que o conhecimento (e isto dos dois lados!), sê sempre sereno... Tenho a certeza que Jesus não se poria do lado de nenhum movimento Estaria ao lado daqueles e daquelas com nome e rosto concreto e que nenhum dos movimentos conhece...

Sim, porque a Vida concreta de muita gente que eu conheço (e Jesus conhece muito mais...) não é assim tão "a preto e branco" para que as decisões sejam tão simples quanto entre escolher um "Sim" ou um "Não"... "

 Rui Santiago 

 

E a partir do momento em que ele me partillhou isto... a minha atitude perante todos aqueles que estavam empenhados, tal como eu, em esclarecer as pessoas, alterou-se de algum modo... passei realmentente a ser mais sereno.

 

De certo modo é esta a atitude que um cristão deve ter qundo se encontrar perante esta e/ou outra situação... deve procurar descobrir o que realmente Jesus faria, e depois executar desse ou de outro modo análogo... não é por acaso que Jesus é o rosto visível de Deus.

 

Agora que finalmente toda a campanha terminou (mas que o problema se mantém exactamente igual), peço ao Espírito Santo que me dê e nos dê forças para ser cada vez mais ao jeito de Jesus, o Cristo. Para que, antes de tomarmos o partido de alguém, ou de apontarmos o dedo a alguém, nos preocupemos realmente com as pessoas...

 

"Jesus estaria ao lado daqueles e daquelas com nome e rosto concreto "
 

e realmente é isso que interessa.

 

 

publicado por vialucis às 19:22
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A ÚLTIMA ceia de Jesus, a...

. Uma bonita História

. Um Grande Grupo de Amigos

. Roda da Amizade

. Mais uma QUARESMA

. O Resultado de uma campan...

. Referendo

. De volta

. A Epifania do Senhor

. Mais um ano...

.arquivos

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds